top of page
  • Foto do escritorVerity na Imprensa

Atraindo as novas gerações para cargos de liderança: desafios e estratégias

A dinâmica do mercado de trabalho contemporâneo apresenta um desafio significativo para as empresas: atrair e reter talentos das novas gerações em cargos de liderança. Esse é um obstáculo que persiste e que demanda uma abordagem estratégica e sensível por parte das organizações. As gerações Z e Millennials têm uma relação distinta com o trabalho, buscando não apenas crescimento profissional, mas também propósito e um ambiente de trabalho equilibrado que respeite sua vida pessoal.

Um relatório recente da Visier, plataforma de people analytics, revelou dados preocupantes nesse sentido. Apenas 38% dos entrevistados demonstraram interesse em assumir cargos de liderança em suas organizações, enquanto 62% preferiram manter suas posições atuais. Essa relutância em buscar cargos de liderança é impulsionada principalmente pelas percepções negativas associadas a essas posições. Para 91% dos entrevistados, os principais obstáculos são as responsabilidades relacionadas à liderança, como o estresse, a pressão e a necessidade de trabalhar mais horas.

Esses números refletem uma desconexão entre as expectativas das novas gerações e a realidade percebida dos cargos de liderança. Para muitos jovens profissionais, o equilíbrio entre vida pessoal e profissional é fundamental, e as demandas associadas à liderança parecem ser incompatíveis com esse objetivo. Além disso, a falta de clareza sobre o propósito e o impacto do trabalho também desempenha um papel significativo na relutância em buscar cargos de liderança.

Diante desse cenário desafiador, as empresas precisam adotar uma abordagem mais holística para atrair e desenvolver talentos das novas gerações. Isso inclui a criação de culturas organizacionais que valorizem o equilíbrio entre vida pessoal e profissional, bem como a promoção de oportunidades de crescimento e desenvolvimento que estejam alinhadas com os valores e aspirações dos jovens profissionais.

Além disso, é fundamental que as organizações forneçam suporte e orientação adequados para aqueles que estão interessados em assumir cargos de liderança, abordando suas preocupações e oferecendo treinamento e desenvolvimento adaptados às suas necessidades e expectativas. A transparência sobre as responsabilidades e expectativas associadas aos cargos de liderança também é essencial para dissipar equívocos e promover uma compreensão mais realista dessas posições.

Em última análise, atrair as novas gerações para cargos de liderança requer uma abordagem proativa e centrada no ser humano. As empresas que conseguirem compreender e responder às necessidades e aspirações dos jovens profissionais estarão em uma posição vantajosa para construir equipes de liderança diversificadas e resilientes, capazes de enfrentar os desafios do futuro com confiança e sucesso.


Artigo originalmente publicado em:

10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page